Stéphanie

Title illustration

Stéphanie
  • Data de entrada no Club Med :
    Outubro de 2005
  • Villages :
    Opio na Provença, Vittel, Serre-Chevalier, La Palmyre Atlantique, Chamonix
  • Formação :
    Bacharel em Direito, Pós Graduada em Gestão e Mestre em RH
Mini-CV
  • Assistente de RH
  • Responsável de RH
O Club também me ensinou a ter polivalência, disponibilidade e flexibilidade

Candidatei-me ao Club Med quase por acaso... Faziam três anos que ia para lá de férias com a minha melhor amiga e foi ao regressar de uma das minhas estadas que vi uma oferta de emprego na Internet. E logo, tempo comecei a trabalhar no Resort de Opio, na Provença, e depois as temporadas sucederam-se. Depois de trabalhar um ano como Assistente de Recursos Humanos fui promovida a Responsável de Recursos Humanos.

No dia-a-dia, as funções implicam em gerenciar a totalidade dos funcionários do village. Creio que se trata de um cargo que implica um grande rigor e bons conhecimentos de direito. Contudo, diria que, no Club, o saber estar tem destaque sobre as competências: é preciso ser aberto, saber ouvir os funcionários e saber mostrar empatia. O Club também me ensinou a ter polivalência, disponibilidade e flexibilidade. E, presentemente, esses são os meus triunfos mais sólidos.

Depois de cinco anos  trabalhando no Club, decidi parar, mas apenas porque vou casar em breve (com um antigo GO) e queremos viver juntos. Estou convencida de que foi graças à minha experiência no Club Med que consegui integrar-me facilmente no mercado de trabalho e encontrar um novo emprego.

Mas um regresso ao Club não está fora de questão... Nunca se diz nunca! No Club descobri lugares fabulosos, vivi experiências extraordinárias (lembro-me perfeitamente da adrenalina antes de entrar em cena) e conheci pessoas fantásticas. Momentos muito bem passados, “made in Club Med”, que ficarão para sempre gravados na minha memória. Tenho muito orgulho de ter representado o Club Med, a sua cultura empresarial e a sua diversidade...